A Malevola é realmente má? E o Agile Coach?

malevola-disney

http://filmes.disney.com.br/malevola/personagens

Assisti o filme da Disney, Malévola. Adorei a nova versão da Malévola, que, apesar do nome, é a heroína do filme. Não pude me conter, e acabei fazendo uma comparação com a adoção de agile nas grandes empresas, e o papel do Agile Coach.

Malévola, ainda pequena, se apaixona por um jovem camponês (Stefan). Eles são muito felizes e se encontram com frequencia.

Os campos ao redor de malevola são verdes e bonitos, com muita interação e alegria entre os seres.

Malévola (Agile Coach) e o jovem camponês são como aquele pequeno projeto piloto de agile numa grande empresa. As coisas vão bem. Todos felizes, se comunicando, e interagindo bem.

malevola-campones

Mas Malévola vai crescendo e ganhando força (mais gente feliz ao seu redor), e isso começa a incomodar o rei.

O rei, nesse caso é aquela pessoa da alta diretoria que não entende agile e começa a questionar o sucesso do mesmo: “esse negócio de agile está saindo do controle; é melhor eu averiguar e fazer algo a respeito.”

O rei convence o jovem Stefan (agora já mais velho) a ajudá-lo: “Dê um fim na Malévola. Isso vai a garantir a estabilidade do nosso reinado, e você será recompensado por isso.”

O jovem Stefan trai a confiança de Malévola e lhe corta as asas.

Isso acontece nas grandes empresas… Primeiro dão asas ao Agile Coach, mas assim que começa a decolar alto, vão lá e lhe cortam as asas. Depois de darem um período de liberdade (um projeto piloto), decidem colocá-lo na estrutura “real” da empresa, e jogam nele contratos, números, regras e muita burocracia. Definitivamente, cortam as suas asas!

malevola-asas

Malévola se torna mais amarga, não sorri tanto, e o mundo a seu redor deixa se ser verde, feliz e colaborativo.

O rei atual morre e Stefan assume sua posição.

Malévola, em um momento de muita raiva, deseja muito mal para o novo reinado, especialmente quando Stefan tem uma filha, a princesa.

A princesa me lembra daquele projeto especial, com destaque na alta gestão. O Agile Coach fica com muita raiva e torce para dar errado.

Mas Malévola, mesmo  tendo falado palavras fortes contra a princesa, cuida dela. Tem uma cena em que a menina vai cair do precipício, mas Malévola a salva.

Isso acontece com o Agile Coach; mesmo sem ser notado, ele vai ajudar para que projetos não caiam pelo precipício. Ele está lá, no chão de fábrica, no dia a dia, ajudando quem se interessa por agilidade, mas isso nem sempre é notado.

A princesa cai num sono profundo que somente pode ser interrompido por um beijo do amor verdadeiro.

Um príncipe aparece, lhe dá um beijo… mas nada acontece.

malevola-beijo-do-princepe

É isso mesmo. Igual ao mundo real. Por vezes, grandes empresas se comportam como numa fábula. Acham que depois de muitos erros, o beijo de um príncipe encantado vai salvar aquele projeto que adormeceu.

Malévola dá um beijo na testa da princesa, e essa acorda. Afinal de contas, Malévola deu o beijo do amor verdadeiro.

malevola-beijo

É isso aí. Aquele Agile Coach que ajuda, mesmo com toda burocracia, mesmo com suas asas cortadas. Esse mesmo. Esse tem o amor verdaderio. E é esse que pode salvar aquele proejto adormecido.

O rei descobre que Malévola ainda atua no seu reinado e manda atacá-la com aquilo que ela não consegue se libertar: ferro.

Bom, no caso das grandes empresas são aqueles gantt charts mesmo. Jogo sujo. Gantt charts enormes, com todas dependências, ações futuras planejadas e estimadas.

Felizmente a princesa encontra as asas da Malévola trancafiadas, e assim que as liberta, essas voam em direção a Malévola.

Malévola recupera sua força e é capaz de se livrar das armadilhas de ferro.

É isso mesmo. Devolva as asas do Agile Coach que ele consegue ajudar, mesmo em projetos difíceis, com muitas armadilhas. Com muito apoio, o Agile Coach fica forte novamente e consegue lutar contra gantt charts e toda burocracia desnecessária.

O rei perde a batalha, Malévola e a princesa retornam para a floresta, que se renova, e volta a florescer. Todos ficam mais contentes, colaborando e se divertindo.

Aqueles que lideravam via o poder perdem a força, ao contrário do Agile Coach. As pessoas que trabalharam no projeto desafiador e entregaram com sucesso são reconhecidas por seu mérito.  Elas vão trabalhar em novos projetos, onde compartilham da alegria e dos conceitos atrelados a uma forma mais leve e efetiva de trabalho. Entendem e respeitam o poder das asas do Agile Coach, que sorri um belo sorriso (Angelina Jolie).

Olha que interessante a descrição da Malévola e do rei Stefan no site da Disney. Qual você acha que seu time prefere?

Malévola protege seu lar com benevolência — o reino da floresta que ela comanda — e todas as criaturas que lá habitam.

Stefan é um amigo de infância de Malévola que vem do reino dos humanos. Com o tempo, se torna consumido pela ambição de ser rei.

Fim.

 

Comentários no LinkedIn.

 

 

 

 

 

 

UA-3488176-1