O modelo Lean MVP

O modelo Lean MVP ajuda a ampliar práticas ágeis e lean dentro da organização. O modelo é construído a partir do ponto de vista de diferentes forças organizacionais, tais como as unidades de negócios, o escritório de gerenciamento de projetos, o departamento de TI e os departamentos jurídicos e de finanças. O modelo é composto por quatro pilares e um kernel central. Os quatro pilares do modelo são: Lean Inception[1], Lean PMO[4], Lean DevOps[2], e Contratos & Finanças Lean [6]. O kernel central é o Canvas MVP [3].

LeanMVP-model

Lean Inception[1] é um workshop altamente colaborativo (tipicamente com duração de uma semana) com muitas atividades para alinhar e definir objetivos, estratégias e escopo do produto. A evolução do produto é definido como uma seqüência de MVPm –Minimum Viable Products​​– e suas features. O principal objetivo do workshop é definir o escopo do que está sendo criado. Ao final da Lean Inception [1] , o time deve ter uma visão clara do caminho a seguir: o Canvas MVP [3].

O Lean PMO[4] organiza e acompanha as demandas e MVPs. O Lean PMO olha para toda a floresta, de tal forma que ele não se perder nos detalhes das várias árvores, as implementações de projetos ágeis, como XP , Kanban , Scrum, ou o que quer que sejam as práticas, metodologias ou termos estão sendo usados ​​dentro das equipes de desenvolvimento de software que trabalham nos produtos. Para seguir com a criação e a evolução dos produtos enxutos, o Lean PMO auxilia na governança de entrega contínua de valor de negócio, conforme a ordem definida no Sequenciador de Features [5] e no Canvas MVP [3].

DevOps foi identificado como um aspecto importante para a implantação de Lean e Agile nas organizações. No entanto, pouco tem sido apresentado para descrever e formalizar o que é DevOps a partir da perspectiva de Lean MVP. O Lean DevOps[2] conecta as práticas DevOps ao modelo Lean MVP. Ele descreve as práticas seguidas pelo time de criação do produto. Esses são alguns exemplos de tais práticas: trabalhar com features e histórias de usuários, construir e manter o pipeline de entrega contínua, adaptar Scrum e Kanban para entrega de MVPs, e trabalhar com toggles de features e MVPs.

Contratos & finanças Lean [6] alinha a definição do contrato e a forma de pagamento a uma estrutura enxuta para reduzir e mitigar os riscos relacionados com o processo de criação de produtos de software. O contrato é definida para contemplar a Lean Inception[1], e as práticas do Lean DevOps[2]. Os pagamentos são realizados perante o recebimento dos resultados esperados, os quais são definidas de acordo com o Canvas MVP [3], e são acompanhados pelo Lean PMO.

O Canvas MVP [3] ajuda a organizar e visualizar os MVPs e suas features. O canvas organiza e planeja a composição (mínima) do produto para o primeiro MVP, e para os MVPs seguintes, incrementando e adicionando ao produto. Normalmente , as equipes que usam o Canvas MVP irão deslumbrar a evolução do produto através de uma compreensão clara sobre as features contidas em cada MVP, e a ordem de evolução (e validação) do produto, via MVPs.

modelo-lean-mvp-img

Referencias:

[1] Direto ao ponto, criando produtos de forma enxuta

[2] DevOps para entrega de produtos enxutos

[3] O Canvas MVP

[4] Lean PMO, planejamento e acompanhamento de projetos enxutos

[5] O Seqeunciador de Features

[6] Enxugando a máquina

Baixe agora os eBooks (todos de graça) relacionados!

 

 

Tags:
UA-3488176-1