Uma Única Coisa e meu novo livro

É impressionante. É como aquele antigo ditado: casa de ferreiro, espeto de pau. Eu já palestrei (aqui , aqui e aqui), escrevi (aqui e aqui), e apliquei nos projetos: o conceito de “limitar o WIP” (Work in Progress em Inglês, ou trabalho em andamento em Português).

Todavia, nessa minha jornada de blogueiro e autor, eu não sigo isso. Eu até tentei aplicar isso para os livros que eu lia.

Mas logo desisti. Eu gosto de ler vários livros ao mesmo tempo. E, na real, eu não estava sendo medido, ou recompensado, por terminar um livro. Ler somente um por vez ou ler vários ao mesmo tempo gera conhecimento, logo, ter vários livros em andamento (sem limitar o WIP) não é um problema.

E sigo o mesmo caminho sobre o que escrevo, sejam blog posts (de assuntos variados), artigos, ou eBooks. Não limito o WIP.
Verdade seja dita, quando algum prazo aperta; ou seja, se por algum motivo existe um prazo para um eBook, sou obrigado a limitar o WIP, e somente trabalhar naquele texto até completá-lo.

Prazos e comprometimentos ajudam com isso (fica a dica: um coach pode te ajudar a definir prazo e a firmar compromissos). Esse foi o caso com os livros:  ThoughtWorks Brasil Antologia, o Direto ao ponto (primeira e segunda edição), e a tradução do Lean Enterprise.

Os meus outros textos e eBooks vão evoluindo, seguindo a demanda natural. Priorizo se eu ou alguém está bem interessado (comentário no linkedinn ou alguma mídia, número de downloads do eBook, ou falar comigo pedindo por mais).

Mas saí de férias (umas longas férias pois juntei férias acumuladas com licença paternidade), e selecionei alguns livros para ler. Com mais tempo disponível, comecei e acabei rápido.

Dentre esses livros, li este que me fez repensar e tentar algo diferente: The One Thing: The Surprisingly Simple Truth Behind Extraordinary Results by Gary Keller; ou, a versão traduzida para Português: A Única Coisa. O Foco Pode Trazer Resultados Extraordinários Para Sua Vida.

book-the-one-thing_ livro-a-unica-coisa

Resolvi tirar um mês sem ler, escrever, ver ou editar vídeo sobre coisas relacionadas ao meu trabalho (por isso que andei meio sumido do blog). Mas não queria deixar de exercitar a atividade de escrever.

Daí surgiu um projeto bem interessante: escrever um livro infantojuvenil com a minha filha (com doze anos de idade). Eu já lia e escrevia com ela. Como estávamos ambos juntos, de férias, buscando atividades extra entre pai e filha, eu a convenci a escrever uma trama, um mistério num colégio, como o dela. Ela me ajudava a pensar na trama, nos personagens, e a reescrever trechos de texto que não estavam claros. Escrever com a filha foi super motivador. Motivação é essencial para o processo de escrever e publicar um livro.

Para minha grata surpresa o projeto gerou frutos, e completamos um livro infantojuvenil muito legal, em apenas um mês. Por isso estou aqui, escrevendo este post e compartilhando contigo duas coisas muito importantes:

1.    Baixe e divulgue esse livro: “O mistério do colégio Alipus. A categoria dele é infantojuvenil, mas já recebi um email de um avô que leu e queria me parabenizar. Ou seja, divulgue, especialmente para a faixa entre 10 e 17 anos, mas talvez até os mais velhos gostem dele (eu gostei, mas sei que sou suspeito)

alipus-capa-3D - menor

2.    Você tem um projeto que deseja terminar? Então priorize, limite o WIP, faça dele a única coisa. E, se unir isso a muita motivação, você vai ter muito sucesso!

Priorização + Motivação = Sucesso

Ah, e aproveito para dar mais um dica/exemplo: estou compartilhando este eBook, mesmo antes de fazer uma revisão de português (com uma revisora que vai pegar erros que corretores ortográficos não pegam). Como diz o Eric Ries: “Vai logo para a rua validar as suas hipóteses.” É isso que estou fazendo. Abraços!

UA-3488176-1