O livro Accelerate demonstra um vínculo direto entre a eficiência organizacional e a eficiência de entrega de software. Os autores do livro chegaram a essas métricas após analisarem os relatórios DevOps reports — the state of DevOps Reports, que existe desde 2014. Segundo eles, essas quatro métricas diferenciam organizações de baixo, de médio e de alto desempenho. São elas: lead time, frequência de implantação (deployment frequency), tempo médio de restauração (MTTR — Mean Time To Restore ) e porcentagem de falhas por alteração.

  • Lead Time – quanto tempo leva para colocar algo em produção.
  • Frequência de implantação – de quanto em quanto tempo ocorre uma nova implantação (cycle time),
  • Tempo médio de restauração (MTTR) – qual o tempo médio que leva para se recuperar de uma falha.
  • Porcentagem de falhas por alteração – qual a porcentagem de alterações que resultam em uma falha.

 

O eBook Diagrama de Fluxo Cumulativo tem mais detalhes sobre lean time e cycle time. O eBook Lean Software Engineering descreve em detalhes as práticas de engenharia de software para trabalhar efetivamente com MVP, e ajudar as organizações a acelerar o business agility.