Para mim, primeiro você decide o MVP, depois descreve as histórias do usuário. Primeiro você decide O QUE você quer validar, para depois você pensar em COMO validar (criar as histórias que implementam esse MVP).

Eu leio posts, artigos e livros de outras pessoas, que fazem o caminho oposto: primeiro decidem as histórias, o COMO irão fazer cada pequeno pedaço do produto, para depois decidir O QUE é o MVP, o conjunto de histórias que é minimamente viável para validar o direcionamento inicial do produto, do negócio.

Estes assuntos geralmente estão entrelaçados: MVP, protótipo e histórias. Eu tento desembolar da seguinte forma:

  • Para alinhar um grupo de pessoas sobre o MVP, eu recomendo fazer uma Lean Inception.
  • Para decidir o backlog das histórias, eu recomendo fazer um PBB.
  • Para alinhar um grupo de pessoas sobre o protótipo e o design de um produto, eu recomento fazer um Design Sprint.

E você? Como tem trabalhado com histórias e MVP? O que você decide primeiro, as histórias ou o MVP?

Favor compartilhar o que tem funcionado para você neste post no LinkedIn.