Disclaimer: Os personagens desse conto são fictícios e todo e qualquer semelhança com um caso real é mera coincidência

epico-mvp
Um dia Vinicius vinha caminhando pela praia de Ipanema quando encontrou seu ex colega de faculdade Rodrigo.

V – E aí Rodrigo com o que você está trabalhando atualmente?

R – Eu estou trabalhando numa empresa que está criando o componente de segurança que vai funcionar em de todos aplicativos. São componentes para login seguro que vai funcionar para iOS, Android, WindowsPhone, etc. Tudo que você imaginar!  Um componente/app muito foda! Vai ser muito legal!

R – E você Vinicius, no que você está trabalhando?

V – Cara eu estou trabalhando num MVP, um produto mínimo viável, uma página web só para verificar se as pessoas têm interesse em chamar táxi sem ter de ligar para uma cooperativa ou ficar procurando na rua.

R – Ah, legal. valeu cara! um abraço. Fui.

Três semanas depois Vinícius e Rodrigo novamente se encontram na Praia de Ipanema…

V – E aí Rodrigo como anda aquele seu app de segurança?

R – Ah, muito legal! cara eu estava trabalhando nele ainda agora e descobri uma coisa no IOS que mexe na estrutura interna do android. Muito massa! Esse negócio de segurança mobile vai arrebentar; o épico está bombando!

R – E você Vinicius, o que você me conta daquele negócio, aquele tal de MVP?

V – Ah, bem legal. Cara, a gente descobriu que realmente as pessoas chamariam um táxi a partir de um de uma página web. E agora a gente está verificando outra coisa.

V – A gente está fazendo um aplicativo no celular. Mas não é para os passageiros, e sim para os motoristas de táxi. A gente quer verificar se os motoristas de táxi usariam um app bem básico no celular android, bem baratinho, para ajudá-los a encontrar passageiros.

Dois meses depois Vinicius recebe um e-mail de Rodrigo:
Fala Vinicius,
Tudo bom cara?!
Aquele projeto que eu estava trabalhando foi cancelado.
Eu vi uma entrevista sua numa matéria sobre inovação e empreendedorismo.
Quero falar contigo; me passa o seu telefone.
abraços,
Rodrigo