Estamos retornando para o mundo presencial, ou melhor, um mundo mesclado, com presencial e remoto.

Ao menos essa foi a minha experiencia no dia 28 de outubro de 2021 ao palestrar em um evento presencial e remoto (com transmissão ao vivo para quem se inscreveu para participar remotamente).

O evento foi na Espanha. Respeitando o protocolo atual do COVID, todos tinham de ficar de máscara, medir temperatura e passar álcool gel nas mãos na entrada.

As palestras aconteciam num palco de cinema.

Eu me sentei na primeira fila para a abertura do evento.

A pessoa do som me chamou para colocar o microfone: pediu para eu retirar a máscara, colocou o microfone (aquele que fica no rosto), e me lembrou de colocar a máscara novamente.

O anfitrião do evento (Javier Garzás) fez a abertura do mesmo e logo me chamou: ”agora o nosso primeiro palestrante, Paulo Caroli, que vai falar sobre Agilidade moderna e Produto Mínimo Viável…” .

Eu me levantei, agradeci e comecei a falar. Seguem algunas fotos.

A palestra terminou, e começaram as perguntas e respostas.

Nesse momento, a equipe da produção reduziu um pouco as luzes que apontavam para mim e eu pude enxergar a platéia. Todos de máscara.

Foi quando eu me lembrei das palavras do anfitrião do evento: “somente o palestrante, enquanto palestra pode estar sem máscara”.

É impressionante como algo tão incomodo vira um hábito.

Eu fiz toda a palestra de máscara!

Inacreditável, mas eu me acostumei com a máscara. Assisto a show de máscara. Vou a academia de máscara. Passei quase dois anos onde, se estava presencialmente com alguém (além da minha família), estava de máscara.

Inacreditável! Que época!

Deixo este post e essas fotos como registro desses longos meses usando máscara.

Vamos juntos criar um novo normal, muito melhor do que passou ou daquele que temos hoje.

E você, o que acha disso tudo? Está preparado para voltar ao presencial? Comentários no LinkedIn.