Se Voltaire fosse vivo, seria conselheiro para StartUps e empreendedores. ‘O ótimo é inimigo do bom’, famosa frase de Voltaire, não quer dizer que você pode entregar seu MVP de qualquer jeito, sem qualidade. Mas sim, que você deve fazer o mínimo necessário para atrair seus clientes.

Voltando ao assunto de data, compromisso e MVP. Em um post anterior (Comprometimento versus estimativa), constatamos que a visibilidade do MVP canvas e a natureza colaborativa e participativa da Inception Enxuta ajudaram com o comprometimento do time. Logo, muitos dos times usando a tecnica DiretoAoPonto tem reportado sucesso em entregar seus MVPs nas datas planejadas.

Em novas conversas  sobre a tecnica DiretoAoPonto, ouvi uma nova constatação:

Paulo, MVP ajudou o time a trabalhar mais focado. Não é que baixaram a qualidade, mas sim que controlaram o preciosismo.

Por ter uma data clara para a entrega do MVP, e um escopo de alto nível (baseado nas features e na experimentação), o MVP canvas prove uma forma simples de comunicar o mínimo necessário. Dai a diferença sutil entre os termos qualidade e preciosismo: A qualidade não está em jogo! Qualidade não é uma opção.

Entregue um produto de qualidade! O número de novas funcionalidades, ou de hipóteses sobre o negócio pode ser reduzido. Mas que seja de alta qualidade o produto a ser exposto aos seus clientes.

Entretanto, o preciosismo está em jogo. O canvas MVP define o MVP. Nele estão listadas as features que devem ser criadas para o MVP. No canvas, também está definida uma data de entrega do MVP. E esta definição nos ajuda a evitar o preciosismo.

Primeiro, temos de fazer a feature funcional. Depois, dentro do tempo restante, fazemos que a feature seja a mais atrativa possível.

Lembre-se que buscamos a validação das hipóteses. Não queremos gastar tempo, esforço e dinheiro construindo algo perfeito, lindo, maravilhoso, mas que ninguém usa.

Dai a frase: mantenha a qualidade, mas cuidado com o preciosismo. A qualidade não é uma opção. Se entregar algo de baixa qualidade, estará colocando seu negócio em risco. Talvez seus usuários não retornem.

Entretanto, seus usuários estão OK com produtos bons que ainda vão evoluir. O iPhone 1.0 não tinha copy/paste! E seus early adooters estalavam ansiosamente pelo próximo iPhone.

Baixa qualidade gera bugs e reclamações. Baixo preciosismo (e rapidez no time-to-marhet) gera feedback e recomendações para a evolução do produto.

E o seu produto, está ficando ótimo, ou bom como foi o caso da primeira versão do IPhone?

[divider]
Crie agora seu canvas MVP.

 

Buscando atividades e ideias para melhorar suas retrospectivas e reuniões?

Aproveite e baixe agora esse e-book