Segue uma importante pergunta sobre  Lean Inception, Scrum e Cascata, de Guino Henostroza

 

Pergunta: Muitas pessoas do Scrum criticam coisas como inceptions ou sprint 0 porque dizem que é um tipo de atraso ou um retrocesso ao tempos do modelo cascata. Eles dizem que todo o trabalho (incluindo arquitetura, infraestrutura) deve ser feito durante as Sprints. Talvez nas primeiras sprints entregando funcionalidades mais básicas, para depois estregar funcionalidades mais avançadas, conforme a arquiterura for evoluindo. Você acha que a Lean Inception usado com o Scrum é uma espécie de Cascata Ágil?

 

Resposta: Não. Eu não acho que  Lean Inception usado com o Scrum seja uma espécie de Cascata Ágil. A Lean Inception é para definir o que fazer, o que deve ser o MVP. Trata-se de alinhar um grupo de pessoas (geralmente tech, UX e business sobre o mínimo viável). Scrum é trabalhar eficientemente na sua construção.

 

Um bom alinhamento é super importante antes de começar qualquer coisa, mesmo para times muito eficiente. Eu trabalhei em grandes equipes Scrum fazendo um ótimo trabalho que nunca deveria ter sido feito. Geralmente isso acontecia porque não tinham feito uma Lean Inception, e a equipe apenas começou a trabalhar, sem um alinhamento inicial, uma direção inicial, a hipótese do negócio, o mínimo para provar um ponto ou começar um bom caminho.

 

Mas eu concordo com você. O trabalho (incluindo arquitetura e infraestrutura) deve ser feito durante as sprints, em todas sprints. Definir prematuramente o COMO sobre o trabalho é ruim. O COMO deve fazer parte das Sprints, não deve ser definido na Lean Inception. A Lean Inception é apenas sobre O QUE, especialmente o O QUE para começar, algo que ajude a equipe a validar a hipótese do negócio e traçar o caminho inicial para a iniciativa.